Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Cão da pradaria

 ste animal tem origem na América do Norte, ocupando uma área geográfica que vai do Alasca até ao norte do México. Apesar de se chamar cão, este animal é mais parecido com um esquilo, tanto em tamanho, como no aspecto físico.
Este simpático animal vive na Natureza em colónias de várias dezenas de indivíduos, podendo, em alguns casos raros, chegar às centenas.

 

Perseguido
Por causa da sua curiosidade, o pequeno animalzinho, tem sido perseguido e caçado com muita insistência. As suas terras vão sendo invadidas, para se transformarem em terrenos agrícolas, e este simpático animal tem de se retirar, pois quando isso não acontece, é caçado.

 

Colónias subterrâneas
As colónias desta espécie são subterrâneas, constituídas por um emaranhado de túneis que depois ligam várias salas onde verdadeiramente vivem e guardam os seus alimentos.
Uma toca é apenas uma das muitas portas que estas verdadeiras cidades subterrâneas tem, e tem vária utilizações. Uma delas é funcionar como regulador de temperatura, pois havendo várias tocas, o ar corre, mantendo todo o emaranhado de corredores e salas com uma temperatura ambiente agradável para esta espécie.

Outra, tem a ver com a necessidade de fuga, se algum intruso tentar invadir a colónia, todos os elementos do grupo conhecem as tocas, que funcionam como saídas, o que lhes dá vantagem perante o predador. Por outro lado, quando o perigo vem do céu, e os animais da colónia se sentem ameaçados, existem várias entradas para o refúgio no subsolo.

Na Natureza, esta espécie mantém, em permanência, um vigilante atento a tudo, enquanto os restantes elementos se abastecem de comida, ou brincam no solo. Se algum predador se aproximar, seja um cão, ou uma ave, esse elemento avisa todo o grupo, que em poucos segundos se esconde.

As colónias defendem aguerridamente o seu território, acontecendo por vezes que outros grupos tentam anexá-lo, e aí as lutas acontecem.

Também é frequente um jovem macho solitário tentar juntar-se para se tornar líder do grupo, sendo normalmente expulso pelos outros machos da colónia.

 

Animal de companhia
Como animal de companhia, a sua popularidade tem aumentado, já que é um animal muito meigo e brincalhão.
A sua reprodução é relativamente fácil, desde que tenha um macho e uma fêmea de proveniências diferentes e adquiridos enquanto jovens.

Alimentação
Adoram sementes e frutos secos, com facilidade encontra nas lojas da especialidade alimento de qualidade para estes roedores.
Para afiar os dentes, necessitam de troncos fortes e resistentes, que podem ser encontrados nas lojas de animais para esse fim.

Tamanho e eesperança de vida
O Cão da Pradaria pode atingir os 40cm e viver 8 anos.




publicado por Animalia às 15:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Beatriiz a 25 de Agosto de 2010 às 16:49
Olá :)

Participa na rubrica de hoje "advinha quem é"
http://loversmoda.blogs.sapo.pt/ (colaboradora)

Beijinhos


Comentar post

Status

Nome do blog: Animalia

E-mail: blog.animalia@hotmail.com

Facebook: Aqui

Data de ínico: 23 de Março de 2010

Gerentes: Teresa Catarina

Colaboradora: Ana

Contador de visitas:

Contador grátis
Desde 11 de Setembro de 2010
ESTE BLOG ENCONTRA-SE ENCERRADO!
">
">
” title=