Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Pardal

Peço imensas desculpas aos leitores e principalmente a gerente do blog por ter "desaparecido", tive fora neste fim-de-semana :x

Hoje ja nao falhei e postei o que me competia  (:

 

Os pardais são aves que se adaptam bem a áreas urbanizadas e à convivência com os seres humanos. Alimentam-se à base de sementes durante a maior parte do ano e de insectos na época de reprodução. O pardal-doméstico foi introduzido pelo Homem em todos os continentes e é actualmente a espécie de ave com maior distribuição geográfica.

Os pardais podem medir até 15 cm.

 

 

Origem
O pardal é a ave mais fácil de observar na Península Ibérica. Pode ser encontrado noutros países da Europa, mas aí a concorrência com outras aves não lhes confere tanto protagonismo.

Apesar de ter origem na Europa, hoje existem pardais em todos os cantos do mundo levados pela mão humana, numa altura em que ninguém se preocupava com o que poderia acontecer com aves invasoras ou mesmo com outras espécies.

As vilas e cidades, onde se adaptaram como nenhuma outra, são o habitat preferido destas aves, apesar de poderem ser encontrados também no campo.

 

Alimentação
As migalhas, insectos e minhocas são a base da sua alimentação, e os núcleos habitacionais proporcionam todo esse alimento. As chaminés e os beirais das casas proporcionam locais ideais para a sua reprodução, que acontece na Primavera.

 

 

Hábitos
Nas zonas densamente arborizadas, podemos encontrar numerosos bandos destes animais, que alegram os fins de tarde voando de árvore em árvore até ao anoitecer.

 

Dimorfismo sexual
É muito fácil distinguir o macho da fêmea. O macho, tem a cabeça e parte das asas castanhas escuras, sendo o resto do corpo de um tom pardo, acastanhado, e a fêmea apresenta em todo o corpo uma coloração uniforme, de cor castanho esverdeada.

Ao contrário do que se pode pensar, estas aves são extremamente frágeis e todos os anos o número de aves mortas durante o Inverno é muito grande. No entanto, a sua facilidade em reproduzir-se faz com que esse factor perca alguma importância. Em algumas zonas mais frias, é frequente os habitantes colocarem pequenos reservatórios com manteiga, onde os pardais vão buscar parte da sua gordura corporal para combater o frio.

Palavras chave: ,
publicado por Aninhas128 às 15:00
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Suzi a 15 de Setembro de 2010 às 19:45
Oh, obrigada ^^
xD essa foto ja é de ha bue tempo mesmo..
beijoss


De viaggiare in spagna a 16 de Setembro de 2010 às 16:24
lo quiero!


Comentar post

Status

Nome do blog: Animalia

E-mail: blog.animalia@hotmail.com

Facebook: Aqui

Data de ínico: 23 de Março de 2010

Gerentes: Teresa Catarina

Colaboradora: Ana

Contador de visitas:

Contador grátis
Desde 11 de Setembro de 2010
ESTE BLOG ENCONTRA-SE ENCERRADO!
">
">
” title=