Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

Golfinho nasce no Sado

Uma cria de golfinho foi  avistada no dia 9 de Junho de 2010 no rio Sado, em Setúbal com a sua mãe, depois de durante quase três anos não ter havido nascimentos neste rio.
A comunidade de golfinhos da espécie roaz-corvineiro (Tursiops truncatus) residente neste local, com cerca de duas dezenas e meia de animais, tem sofrido com a poluição que o rio tem apresentado ao longo dos anos. A esse factor pode estar ligada uma muito baixa taxa de natalidade, assim como facto de o número de animais ter caído nos últimos anos para os valores de hoje, quando ainda há poucos anos se estimava existirem cerca de 40 elementos. O movimento marítimo tem sido também referenciado, em alguns casos, como factor de risco e de stress desta colónia, embora com o passar dos anos os animais pareçam ter-se habituado a conviver com a navegação que se faz no rio. Assim, uma vez que as crias acompanham as mães e estas evitam as rotas mais movimentadas, esse factor pode, nesta altura, não constituir um risco para a sobrevivência da cria que agora nasceu.

O pequeno golfinho foi avistado pelos olhos experientes de um marinheiro da empresa Vertigem Azul, que faz viagens de observação desta colónia e que, conjuntamente com os seus colegas, conhece como ninguém os animais que aqui vivem, os locais onde podem ser encontrados e o seu comportamento.


Palavras chave:
publicado por Animalia às 22:46
link | comentar | favorito
1 comentário:
De viajanteintemporal a 17 de Junho de 2010 às 23:13
Bela notícia!***


Comentar post