Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

Pinguim

O pinguim é uma ave não voadora que vive no hemisfério Sul, mais concretamente na Antárctida. As asas dos pinguins são inúteis para voar no ar mas, na água são muito ágeis. Para se manterem erectos, os pinguins usam a cauda e as asas. Os pinguins têm uma camada isolante que ajuda a conservar a temperatura o calor corporal na água gelada da Antárctida.

 

 

Há  espécies de pinguins que acasalam que acasalam por toda a vida enquanto que, noutras espécies só o fazem na época de reprodução. Normalmente, o macho é que cobre o ovo e a fêmea vai em busca de alimento. Assim, quando a fêmea regressa o filhote já tem alimento e depois os papéis invertem-se, isto é, o macho vai em busca de alimento e a fêmea fica com o filhote.

 

 

Espécies de pinguins:

  • Pinguim-de-adélia: O número de pinguins desta espécies tem vindo a descer porque com o aumento da temperatura a neve derrete e encharca os ovos impedindo que os filhotes nasçam.
  • Pinguim-africano: Esta espécie de pinguim tem uma taxo de sobrevivência muito boa.
  • Pinguim-azul: É a única espécie de pinguim com hábitos nocturnos embora seja visto muityas vezes activo durante o dia. Esta espécie chama-se azul mesmo porque é azul.
  • Pinguim-das-galápagos: Esta espécie de pinguim vive junto ao Equador. Esta espécie encontra-se  em perigo com, apenas, cerca de 600 casais.
  • Pinguim-de-humboldt: O nome desta espécie é em homenagem ao alemão Alexander Von Humboldt.
  • Pinguim-gentoo:É a ave mais rápida debaixo de água! É fácil conseguir distingui-lo dos outros porque tem o bico laranja e uma mancha branca em volta da sua cabeça. Os seus maiores predadores na água são as focas leopardo, orcas e os leões marinhos. Em terra não há predadores desta espécie em adulto mas, outras aves costumam comer os ovos e as crias.
  • Pinguim-imperador: É a maior ave da família dos pinguins. Nesta espécie os pinguins adultos podem chegar a pesar 37 kg e medir 1,20. Os pinguins desta espécie podem ficar submersos na água durante 20 minutos sem respirar.
  • Pinguim-macaroni: Os pinguins desta espécie têm uma crista amarela. Reproduzem-se na Primavera, cuidam dos filhotes no Verão e passam o Inverno no mar, podendo chegar a nadar mais de 10 000 km.
  • Pinguim-de-magalhães: Estes pinguins podem mergulhar até 90 metros de profundidade. As populações de pinguim-de-magalhães sofreram um decréscimo de 20% ao longo das duas últimas décadas mas, apesar disso, IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, em inglês International Union for Conservation of Nature) classifica esta espécie como uma espécie fora de prerigo de extinção.
  • Pinguim-rei: O pinguim-rei mede cerca de 90 cm de altura e pesa entre 11 a 15 kg.
  • Pinguim-saltador-da-rocha: Mede até 55 cm. É possível encontrar esta espécie de pinguim no Oceanário de Lisboa

 

Curiosidades:

  • Os pinguins podem ingerir água salgada pois as suas glândulas supra-orbitais filtram o excesso de sal da corrente sanguínea;
  • Os pinguins têm olhos especializados para verem debaixo da água salgada;
  • A primeira vez que os europeus viram os pinguins pensaram que estes eram peixes com pernas.
Palavras chave: , ,
publicado por Animalia às 15:00
link | comentar | favorito
2 comentários:
De Secrets from a special person a 23 de Junho de 2010 às 18:03
se poderes adoraria, com os direitos da Cerca, mas com o meu link para o caso de mais informações. acho que dá, é uma questão de mandares o e-mail, a recolha é na Feira Nova da póvoa de varzim. :) boa sorte depois diz-me algo beijinho (L)


De Secrets from a special person a 28 de Junho de 2010 às 15:58
eu AMO pinguins *.*


Comentar post